Acha que é uma pessoa positiva? Uma atitude mental positiva pode melhorar sua saúde, melhorar seus relacionamentos, aumentar suas chances de sucesso e acrescentar anos à sua vida.

O fato é que a maioria das pessoas é bombardeada pela negatividade a cada dia. Claro, é fácil de lançar a culpa dizendo que você está cercado de pessoas negativas. A realidade: Muita da negatividade é auto-infligida… influenciada pela companhia que você mantém e pela sua perspectiva pessoal sobre as realidades da vida.

Tira um minuto…

Pense quantas vezes no dia você é sitiado por pessoas que discutem sobre dinheiro, se preocupam com a possibilidade de fracasso, reclamam das ações de alguém, criticam erros, desconfiam das intenções de alguém, culpam os outros para evitar a condenação, invejam alguém por conquistas pessoais, e fofocas sobre lixo trivial. (Não admira que estejamos exaustos no final do dia.)

Vamos ver de perto a negatividade que enfrentamos todos os dias…

Argumentos. Muitos argumentos são o resultado da má comunicação, da falta de abertura de espírito, ou do choque de valores e princípios opostos. As pessoas também argumentam para forçar seus pontos de vista sobre os outros ou apenas para desabafar.

Desculpe. Outros se preocupam em perder o controle. Eles desejam certeza em um mundo incerto. Estas pessoas sentem que a preocupação é produtiva, mesmo que sejam as primeiras a dizer-lhe que estão a enlouquecer porque não conseguem tirar estes pensamentos da sua cabeça.

Medo. Algumas pessoas temem o desconhecido. Assim como a poluição danifica o ambiente, o medo é tóxico para indivíduos e empresas. O medo encoraja as pessoas a se retirar, manter a informação perto do colete, esconder erros e se recusar a correr riscos. Se o medo é causado por algo real ou imaginário, a percepção é a realidade.

Culpa. Criticar e insultar as pessoas perante os seus pares, desafiar a sua competência, exigir prazos impossíveis e excluí-las do circuito informativo são tácticas que criam negatividade. Além disso, quando algo dá errado, as pessoas muitas vezes olham para os outros para lançar as culpas. O resultado é que todos ficam atentos ao #1 – eles mesmos.

Reclamações. A razão pela qual muitas pessoas reclamam o tempo todo não é necessariamente porque estão infelizes com suas vidas ou circunstâncias. O facto é que os queixosos compulsivos nem sequer percebem que estão a reclamar. Queixas perpétuas resmungam de tédio ou de desejo de transformar um momento embaraçoso de silêncio em um início de conversa. Ou às vezes, as pessoas reclamam só porque isso as faz sentir melhor para desabafar.

Crítica. Há uma diferença entre o feedback construtivo e a crítica mordaz. Enquanto feedback construtivo é oferecido com boas intenções, críticas constantes e mordazes podem levar ao stress, ansiedade e redução da auto-estima.

Confiança. Quanto tempo é desperdiçado e quanto mal será criado como resultado da desconfiança? As pessoas passam horas intermináveis tentando adivinhar a intenção, espreitando por cima dos ombros e criando elaborados processos de aprovação para verificar e rever.

Jealousy. Quando é suficiente, o suficiente? Nós vivemos em uma sociedade onde muitas pessoas não estão satisfeitas com suas próprias conquistas. Se o nosso vizinho compra um brinquedo novo, se o nosso colega recebe uma promoção, ou se a celebridade da TV ostenta um novo design, nós também o queremos. O problema é que, após a excitação passar, a linha de chegada também se move. Se é acessível, merecido ou necessário nunca entra em questão.

Fofocas (nosso passatempo nacional). As pessoas fazem fofocas para se encaixarem num grupo, preenchem um vazio na conversa, provam que estão a par, vingam-se de uma pessoa, põem alguém no seu lugar, ou simplesmente para ganharem atenção. A fofoca é uma doença que se espalha de boca em boca. É uma daquelas distrações que nos impedem de nos concentrar em nossas próprias vidas.

Paga para ser positivo

Existe uma correlação direta entre uma atitude positiva e melhores relacionamentos, saúde superior e maior sucesso.

Uma atitude positiva pode aumentar sua energia, elevar sua força interior, inspirar os outros e reunir a fortaleza para enfrentar desafios difíceis. De acordo com pesquisas da Clínica Mayo, o pensamento positivo pode aumentar sua expectativa de vida, diminuir a depressão, reduzir os níveis de angústia, proporcionar maior resistência ao frio comum, oferecer melhor bem-estar psicológico e físico, reduzir o risco de morte por doenças cardiovasculares e permitir que você enfrente melhor as dificuldades e momentos de estresse.

Aqui estão várias maneiras de adotar uma atitude mental positiva:

Cercar-se de pessoas positivas. Passe tempo com pessoas que são positivas, que o apoiam e que o energizam. Lembre-se, se você chegar muito perto de uma vítima afogada, ele pode levá-lo para baixo com ele. Escolha uma pessoa positiva em vez disso.

Seja você mesmo positivo. Se você não quer ser cercado por pessoas negativas, o que o faz pensar que os outros o fazem? Aprende a dominar os teus próprios pensamentos. Por exemplo:

  • Quando você visualiza um objetivo, é mais provável que você tome as ações necessárias para alcançá-lo. Visualize-se ganhando a corrida, recebendo a promoção, aceitando o prêmio, ou aterrissando a nova conta.

  • Controle seu pensamento negativo. Isto pode ser feito das seguintes formas:

    • Veja o copo como meio cheio em vez de meio vazio.

    • Antecipe o melhor resultado.

    • Fique no meio-termo. Não veja tudo em extremos – seja como fantástico ou como uma catástrofe. Isto irá ajudá-lo a reduzir os seus altos e baixos.

    • Erros acontecem. As pessoas negativas se culpam por cada ocorrência ruim, seja ela culpa delas ou não. Não deixe isso ser você.

Resista conscientemente ao pensamento negativo. Seja conhecedor e evite mentalmente o pensamento negativo. Isto irá ajudá-lo a modificar o seu comportamento.

Seja simpático consigo mesmo. Infelizmente, algumas pessoas dizem as coisas mais maldosas para si mesmas. Se você se criticar por tempo suficiente, você vai começar a acreditar nisso. Esta negatividade pode te arrastar para baixo com o tempo. Talvez seja hora de demitir o crítico e contratar o defensor.

Estabelecer objetivos realistas e realizáveis. Não há nada de errado em estabelecer uma barra alta – a menos que você se espanque por não atingir seus objetivos. A chave é construir confiança estabelecendo metas realistas e batendo em muitos solteiros ao invés de balançar para as cercas.

Continuar em perspectiva. A vida é dar prioridade às coisas que mais importam na sua vida e concentrar os seus esforços nestas áreas. Isto significa que coisas triviais que correm mal todos os dias não o devem fazer descer. Aprenda a abordar ou ignorar pequenos problemas e siga em frente. É hora de suar as coisas grandes.

Tornar desafios em oportunidades. Em vez de deixar os desafios dominá-lo, transforme-os em oportunidades. (Em vez de bater na parede, suba sobre ela ou dê a volta.)

Conte as suas bênçãos. Seja grato e agradeça pelas coisas especiais de sua vida, em vez de tomá-las como garantidas. Algumas pessoas fazem isso dando graças ao redor da mesa de jantar, mantendo um diário escrito, ou postando um item especial a cada dia no Facebook. Lembre-se, alguns dos maiores bens da vida não são materiais. Aproveite todas as oportunidades para fazer uma nova e maravilhosa memória.

Se você quiser alcançar felicidade, melhor saúde, relacionamentos mais fortes e sucesso contínuo, você pode não ter que olhar mais longe do que o espelho. “As pessoas mais felizes não têm necessariamente o melhor de tudo; elas apenas fazem o melhor de tudo o que têm” * Você vê o copo meio cheio ou meio vazio? A verdadeira felicidade pode depender de como você vê o mundo e para quem você procura inspiração. Vale a pena ser positivo.

*Autor desconhecido. Veja http://anse.rs/iatZYn

Leitura adicional:
Você recebe o que espera
O seu copo está meio cheio ou meio vazio?
Não desista. Show Some Grit.
Great Things Start with Great Expectations.

Se você gosta deste artigo, assine o nosso blog para que você não perca um único post. Receba futuras postagens por RSS, e-mail ou Facebook. É GRÁTIS. Clique na sua opção favorita (canto superior direito).

Join Over 4.1 Million Readers

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.